Com síndrome de Down, Mariana vence a Covid-19 após 19 dias intubada

Mariana Oliveira, 10 anos, venceu a Covid-19 após ficar 19 dias intubada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) pediátrico do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. A paciente que é portadora de síndrome de down continua internada na enfermaria, mas o estágio mais grave da doença ela já venceu.

A criança mora em Paranaíba, onde o pai e a mãe testaram positivo. Após quatro dias do início do sintomas do pai, a mãe começou a ter sintomas leves, e mesmo com todos os cuidados a menina testou positivo. No hospital de Paranaíba ela chegou saturando a 79% e com mais de 50% de comprometimentos dos pulmões. Mariana foi regulada por vaga zero ao Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.

 

A criança deu entrada no HRMS no dia 1º de abril na CTI pediátrica e no mesmo dia foi intubada. Mariana passou 19 dias recebendo oxigênio por meio de ventilação mecânica. Do dia 19 ao dia 27, foi realizada a redução de oxigênio e na sexta-feira  (30), teve alta da CTI e foi encaminhada a enfermaria.

A comerciante Elza Eudete de Oliveira 38 anos, mãe de Mariana, relatou emocionada o atendimento que a filha teve: “Desde a faxineira aos médicos o atendimento foi incrível! Ela nunca foi tão bem tratada como ela foi aqui, nem em consultórios particulares ela recebeu tanta atenção. Fomos muito bem tratados por todos. A melhor coisa que aconteceu foi ele ter vindo parar aqui”, se emociona.

A diretora-presidente do HRMS, Rosana Leite de Melo, destacou a vitória da menina Mariana: “É uma vitória de todos do HRMS. Não medimos esforços para salvar vidas, não nos importamos com sexo, idade, raça ou credo. Nossa missão e nosso dever é salvar vidas e dar a eles a oportunidade de uma vida promissora. A menina Mariana merece ser feliz e dar muitas alegrias para toda sua família.”, vibra.

A menina Mariana segue internada no HRMS e agora está na enfermaria acompanhada da mãe, que já passou o período de isolamento da Covid-19. a previsão de alta é para quinta-feira (6).

 


Crédito imagem: Divulgação Assessoria

Crédito matéria: com informações da assessoria